fbpx
venda de ansiolíticos

Aumento na demanda de ansiolíticos: Zembrin® como alternativa natural

O isolamento social é uma das medidas primordiais no combate à propagação do novo coronavírus. Com isso, muitos ambientes corporativos tiveram que se adaptar ao home office e, consequentemente, evitar qualquer tipo de aglomeração. Em meio a tantas incertezas, mudanças e a solidão que a pandemia trouxe, a venda de ansiolíticos para controlar a ansiedade e o estresse cresceu muito.

Com base em dados do Conselho Federal de Farmácias, houve um aumento em torno de 17% na compra desses produtos somente em 2020. Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que o Brasil dispõe do maior número de pessoas deprimidas da América Latina. Sem falar no exagerado consumo de vitaminas (180%) e medicamentos para a insônia (40%) neste período de pandemia, segundo dados da consultoria IQVIA.

O alto percentual de vendas chega a ser preocupante, visto que é fundamental orientar os clientes a usarem alternativas mais naturais, como o Zembrin®. Continue conosco e veja como é possível oferecer qualidade de vida com as soluções que contribuem para a sua saúde física e mental.

O estresse e a ansiedade durante a pandemia

Como dissemos, a pandemia contribui na construção de um cenário de medo e incertezas. Muitos tiveram que fazer inúmeras adaptações na rotina. Empresas procuraram constantemente seguir protocolos de segurança na intenção de conter o aumento de infectados.

Desse modo, as pessoas ficaram estressadas com a sobrecarga no trabalho e as obrigações diárias. A ansiedade por dias melhores também cresceu de modo considerável. Diante disso, a venda de ansiolíticos aumentou. Nesse ínterim, profissionais da área e autoridades se preocupam em relação ao uso desses medicamentos.

Antes de tudo, é importante lembrar que o exagero sempre traz malefícios, sobretudo quando são ações que podem prejudicar ou piorar o quadro de um paciente. Logo, é primordial propagar as boas práticas e buscar soluções naturais.

A compulsão alimentar e o tratamento com ansiolíticos

Outro problema exacerbado durante a pandemia e que tem relação com a ansiedade é a compulsão alimentar. As pessoas que comem de forma desenfreada adquirem problemas que vão além do ganho de peso. Muitos desses alimentos podem gerar a famosa inflamação crônica, que resulta em outros tantos problemas. Entre eles, doenças como diabetes tipo 2 e hipertensão.

Trata-se de um transtorno que em tempos normais atinge cerca de 4,7% da população brasileira, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). Com a pandemia, esse problema foi potencializado. Sobretudo, por conta da ansiedade e do medo gerado nas pessoas. A situação se agrava quando esse distúrbio se torna um hábito, mesmo após cessarem os anseios causados pelo cenário de incertezas.

A venda de ansiolíticos e o uso indiscriminado desses produtos

Como bem sabemos, a venda de ansiolíticos depende da prescrição médica. Isso porque são medicamentos controlados e que apresentam certos efeitos colaterais: sonolência, tontura e dificuldade de concentração, por exemplo.

No entanto, a automedicação ainda é uma realidade no Brasil. Segundo o Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), 79% dos brasileiros com mais de 16 anos admitem tomar medicamentos sem prescrição médica ou farmacêutica. Contudo, o uso indiscriminado gera dependência.

Consequentemente, o paciente pode apresentar crises de abstinência ou insuficiência respiratória quando mistura ansiolíticos com bebidas alcoólicas (CRF/SP, 2012). Portanto, é muito importante orientar essas pessoas a não se exporem ao perigo. Por isso, nada melhor que trabalhar com nutracêuticos naturais e diminuir o número de indivíduos vulneráveis ao risco.

Além disso, durante a pandemia as pessoas passaram a fazer o uso dessas drogas para reduzir os impactos da ansiedade e do estresse, bem como diminuir a compulsão alimentar. O grande problema é que o uso constante e desenfreado desse medicamento pode causar impactos consideráveis no corpo.

Logo, é interessante ter produtos diferentes para suprir essa necessidade de modo saudável. Então, discorreremos mais sobre o assunto nos próximos tópicos. Continue lendo!

O Zembrin® como alternativa à venda de ansiolíticos

Inegavelmente, a venda de ansiolíticos ainda é um fator que movimenta a farmácia. Afinal, existem muitos casos em que esses medicamentos são essenciais e acabam se tornando a primeira escolha de muitos médicos. Além disso, não há como deixar de mencionar a eficiência dessas drogas na redução de desordens relacionadas à ansiedade, alterações de humor e estresse. Contudo, existem opções naturais que podem trazer um resultado semelhante, sem os efeitos colaterais nocivos.

Sobretudo, quando o objetivo é a combinação de SSRI com um inibidor de PDE4, tendo em vista que essa junção tem se mostrado como um grande potencial terapêutico. Assim, impactando de modo positivo distúrbios relacionados ao sistema nervoso central. Nesses casos, é possível remover o medicamento gradualmente, conforme a observação e o acompanhamento médico.

O Zembrin® é um nutracêutico composto por um ingrediente botânico e inovador patenteado pela própria fabricante. Ele é comprovadamente eficiente para melhorar as funções cognitivas, humor e diminuição da ansiedade e tensão. Portanto, é um produto muito interessante para ser utilizado nesta época de pandemia.

Ele tem dois mecanismos de ação sobre o sistema nervoso central, apresentando níveis distintos de alcaloides. Desse modo, age inibindo a recaptação de serotonina, transportando a inibição seletiva da enzima fosfodiesterase do tipo 4. Logo, promove o alívio rápido dos sintomas relacionados ao estresse e à ansiedade.

Além disso, ele promove outros benefícios como a melhoria do humor e potencialização das funções cognitivas. Visto que se trata de um produto natural, também não existe a possibilidade de dependência.

As principais vantagens do nutracêutico Zembrin®

De antemão, é necessário preservar a saúde e o bem-estar de todos, ainda mais neste período de isolamento por conta da pandemia. Por isso, reforçamos que é importante considerar o aumento na venda de ansiolíticos e focar em soluções naturais.

A formulação de Zembrin®, além de ajudar a combater a ansiedade e o estresse, também é usada no tratamento para Burnout.

Zembrin® é padronizado em 4 alcaloides que atuam sinergicamente no sistema nervoso central, sendo eles: Mesembrina, Mesembrenol, Mesembranol e Mesembrenona. No processo minucioso de extração destas substâncias, a Mesembrina, responsável pelo primeiro mecanismo de ação de Zembrin® (Inibidor seletivo da recaptação da serotonina – ISRS), passa por um processo de purificação em que são retirados todos os oxalatos de sua composição, tornando-a eficaz e segura para consumo humano.

O ativo responsável pelo segundo mecanismo de ação, inibição seletiva da enzima PDE-4, responsável por promover mais atenção, raciocínio e amenizar o cansaço mental, é a Mesembrenona. Para conhecer a ficha técnica completa de Zembrin®, clique aqui.

Solução natural e segura

Essa é uma solução segura e comprovada. Além disso, o nutracêutico traz benefícios para a qualidade de vida das pessoas, tal qual a permanência do bom humor, a melhora do sono e das funções cerebrais. Ademais, vale ressaltar que ele não causa dependência e pode ser manipulado conforme a preferência do indivíduo, como capsulas, pastilhas, sachês, chocolate nutricional e outras formas farmacêuticas. Zembrin® melhora o humor naturalmente, modula a ansiedade e o estresse, além de diminuir a compulsão alimentar.

Este artigo mostrou o crescimento na venda de ansiolíticos e outros medicamentos, a relação da pandemia com o estresse e a ansiedade, os perigos da automedicação, além das vantagens do Zembrin®. Desse modo, foque em alternativas naturais que trazem vantagens a longo prazo na vida dos pacientes.

Então, gostou de saber mais sobre essa alternativa natural? Ofereça Zembrin® na sua farmácia. Entre em contato conosco e conheça mais detalhes do ativo.

Converse com especialista

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.