fbpx
medicina de precisão

Medicina de precisão: uma nova abordagem nos tratamentos

O avanço da tecnologia na saúde permitiu grandes evoluções na forma como os diagnósticos e os tratamentos são aplicados nos pacientes. Nesse cenário de inovação e crescimento surgiu um conceito muito interessante, chamado de medicina de precisão. Nesse sentido, o foco é entregar aos pacientes um tratamento preciso e eficiente para seu problema.

À medida que essa evolução acontece, novas estratégias são incluídas na medicina de precisão, proporcionando ainda mais benefícios aos usuários. Contudo, você sabe o que ela significa, de fato? Neste artigo, discorreremos um pouco mais sobre o assunto. Para explicar melhor, vamos mergulhar no conceito, apresentar suas vantagens e saber como essa prática tem sido aplicada no Brasil.

Continue a leitura!

O que é a medicina de precisão?

Esse conceito tem o objetivo de oferecer um tratamento individualizado para cada tipo de paciente. Em outras palavras, o prescritor deve considerar aspectos genéticos e biológicos, além de características ambientais e sociais para oferecer uma solução precisa e totalmente personalizada ao paciente. Como o próprio nome sugere, o foco é promover um tratamento preciso, buscando a eficiência completa em todos os processos recomendados.

Quais são seus principais benefícios?

Oferecer um tratamento preciso gera inúmeras vantagens aos pacientes. Sobretudo, você terá a possibilidade de tratar determinada enfermidade de forma precisa e exclusiva, evitando, ao máximo, prejudicar outros sistemas do corpo. Com a medicina de precisão, evita-se o tratamento universal para cada doença, independente das características individuais de cada paciente. Sobretudo, existe um benefício que chama a atenção dos que já aplicam essa abordagem.

Trata-se da possibilidade de fazer uma verdadeira varredura no DNA do paciente. Com isso, é possível analisar simultaneamente milhares de genes, o que possibilita a identificação de problemas que ele possa ter no futuro. As possibilidades que são abertas a partir desse conhecimento são inacreditáveis. Ao analisar o DNA de uma pessoa, o prescritor pode adotar uma abordagem terapêutica preventiva, aplicando a suplementação nutracêutica, alimentação, prática de atividades físicas e outros processos, com o objetivo de prevenir enfermidades que possam surgir.

Como a medicina de precisão vem sendo aplicada no Brasil?

Em nosso país, já existem algumas empresas aplicando esse conceito. Elas usam essa abordagem com unidades que combinam influências ambientais, bioinformática, bem como as informações individualizadas dos pacientes. Esse conceito pode ser usado de forma conjunta à medicina integrativa, um tema que também ganha bastante expressão entre os médicos no Brasil e no mundo.

Por fim, podemos concluir que a medicina de precisão é uma grande inovação da área médica. Nesse sentido, o prescritor deve ter atenção a essas mudanças e se adequar quanto antes para atender às demandas que surgirão a partir desse conceito. Além disso, é importante ter em mente que essas novidades mantêm o foco em proporcionar cada vez mais precisão e efetividade nas prescrições feitas no dia a dia do profissional da saúde.

Se você gostou dessas dicas e quer ter acesso a mais conteúdos como este, assine a nossa newsletter. Assim, sempre que um novo post sair avisaremos no seu e-mail.

Converse com especialista

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.